One Cheats

Caro(a) Convidado,

Queria se registrar em nosso fórum para ajudar cada vez mais a melhoria e o bem estar do fórum,


Cordialmente,
Administração.

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

História do Jogo Transformice

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 História do Jogo Transformice em Ter Dez 13, 2011 8:01 pm

Shetos


Ex-Staff
Ex-Staff
Transformice é um jogo em Flash online, desenvolvido por “Tigrounette”.
Como os outros, primeiramente foi lançado no Jeuxonline.info (Tópico
oficial - Parte 2). Este minigame não é o primeiro, e tem antecessores
conhecidos bem. De fato, os jogos de Extinction (pela mesma autora),
nomeado Aaaah, foram os primeiros a lançar o conceito destes jogos em
linha muito simples, amigável e acessíveis para todos. Poderemos citar
muitos outros: Fortress, Bouboum, ou ainda Dead Meat, que teve
igualmente muitos sucessos.

Nesta página, vamos acompanhar a
história de Transformice graças à dois outros jogos que são os seus
irmãos mais velhos: “Aaaah” e “Poisson”.

No início: Extinction e Aaaah!

Assim,
a aventura começou em abril de 2008, com o lançamento de Extinction.fr,
e "Aaaah", um minigame com uma extrema simplicidade. Como sempre, o
anúncio do lançamento do jogo pela Tigrounette foi publicado no
Jeuxonline.info (Tópico oficial).



O objetivo do jogo Aaaah é o núcleo de todos os minigames.

Extinction:
Personagens no canto inferior esquerdo, que devem chegar no ponto de
encontro (neste caso, em uma farmácia ou um hospital) na parte superior
direita, tudo isso, ajudado por um guia que traça um caminho no mapa,
graças ao seu mouse. Sua arma? O grito! A barra de espaço permite que
eles gritem: "Aaaah!", Assustando todos os personagens próximos que são
empurrados para trás.

Aqui está uma imagem de uma parte básica do Aaaah, em um mapa não especificado:



A
adição de contaminação (um jogador que está contaminado não pode
terminar a rodada mais, e podem contaminar outros jogadores) foi a única
novidade importante. Com Aaaah, foi possível criar mapas de si mesmo
graças ao editor de mapas. Os mapas oficiais, de número reduzido, têm
propriedades que não foram possíveis de criar com o editor. No entanto,
alguns jogadores se tornaram mestres na criação de mapas, seja no nível
estético, ou no nível técnico.

Para mais informações sobre este minigame: Visitem Fansite do Aaaah!

Poisson, ou “a primeira versão" de Transformice

O
verdadeiro antepassado do Transformice foi o migame “Poisson” (Peixe),
que alguns não conheceram talvez devido à sua duração de vida
extremamente curta. Constituia “a primeira versão” de TM, foi colocado
on-line durante alguns meses, antes de fechar definitivamente para abrir
espaço para os ratinhos que conhecemos bem.

Assim Poisson foi um
minigame similar ao TM, embora menos avançados graficamente. Os
personagens eram peixinhos (que fizeram sua primeira aparição no Aaaah
em 01 de abril), que tinha a irritante tendência para escorregar em
todas as superfícies inclinadas:



Uma
vez logado, você entrava no mundo fabuloso de Poisson, e você se
encontrava afogado em uma horda de peixes selvagens, que tentavam
desesperadamente voltar ao aquário, sua única esperança de se refrescar,
e portanto, sobreviver:



As
regras do jogo, muito similares às de Aaaah, permaneciam simples e
básicas: Os peixes começam na parte inferior esquerda de um mapa, e
devem voltar ao aquário, na parte superior direita do mapa. Eles são
ajudados por um guia, que podia pôr objetos em qualquer lugar, e não era
fisicamente presente no jogo (ao contrário do xamã do Transformice).

Aqui está duas imagenss do jogo: (a primeira, com um só um peixe era guia, mas dá pra ter uma ideia da aparência do jogo):








Encontram-se
alguns elementos de Transformice lá, com um design básico: As tábuas, a
bola, as caixas… Colocar objetos com pregos também foi preservado pelo
TM, embora não apareçam mais na lista de itens. O painel de objetos do
Poisson, mostrado à esquerda, permiti ver a evolução do design, e a
evolução do conceito da orientação. A variedade de mapas, é muito mais
restrita no Poisson, ainda é bastante semelhante aos mapas básicos do
Transformice.

Além da ausência do peixeiro no jogo, há outra
grande diferença entre o peixeiro e o xamã: O peixeiro se beneficia de
uma arma adicional chamada Freeze Time, que não foi preservada para o
TM. Aliás, era suficiente que o peixeiro pressionasse a barra espaça de
modo que o tempo (e os jogadores) congelassem durante alguns segundos.
Ele poderia, então, colocar objetos e construir sem ser incomodado pelos
peixes.

Poisson só trouxe uma grande inovação em relação ao
Aaaah (além do seu design fresco): A maneira de guiar, colocando
objetos. O objetivo do jogo e o conceito permaneceu muito, muito
similares ao de Aaaah. Transformice, sem perder o espírito de seu
antepassado Poisson, feito de sangue novo se torna mais e mais complexo a
cada dia para o delírio dos jogadores.

Dado que o
desenvolvimento não foi muito profundo, Poisson se manteu em fase beta,
mas ganhou muitos mais jogadores do que parece. Seu conceito e seu
design sóbrio, mas simpático, tinha atraído muitos jogadores de Aaaah,
tendo encontrado em Poisson uma dimensão de diversão extra.

Em homenagem ao Poisson (Pwasson para os íntimos), o jogo mais divertido de todos os tempos):



A origem do Transformice

Aquilo
fazia já um momento que procurava um novo pequeno projeto sobre o qual
trabalhar. Necessidade de alterar de ar, de reencontrar uma paixão
perdida, e talvez provar-me algo, não sei demasiada. Em abril passado,
um dos meus amigos e colegas propunha-me a sua ajuda neste sentido:
Porque não muito um pequeno jogo Lanterna elétrica? Algo sem muito
grande importância, nada que alterará a face do mundo, mas exatamente
qual divertir-se e testar as nossas competências?

E é assim que nasceu… Transformice.

Ei
sim, como muito poucas pessoas adivinharam-o, sou o famoso pseudónimo
“Graphiste” que se esconde de trás Transformice. É mim que realizou as
ilustrações, os sprites de ratos, os objectos, e os animations. A ideia
de Gameplay fez-se à dois com Tigrounette. Adorava o seu conceito de
jogo posto em lugar com “Aaaaah! ”, e haver uma dimensão suplementar. A
ideia dos ratos me veio uma simples noite onde cerca de roedores vieram
grattouiller de trás a minha cabeça de cama. Imaginava-o construir das
arquitecturas improváveis para traçar-se das passagens através das
divisórias, os tetos e os pavimentos…

É assim que propus a ideia
à Tigrounette: à base, todos os ratos podiam “transformar-se” à vontade
em objectos simples, onde o nome de origem, Transformice, transformar +
mice (ratos ao plural em inglês), a fim de ajudar outros todos os ratos
a atingir um queijo elevado pendurado. Os mais ratos teriam de queijos,
mais os ratos transformados teriam ganho de pontos, e teriam acesso à
notícias formes.

Após cerca de testes, apercebemo-nos que este
modo de jogo não era muito fun, ainda mais se apenas duas pessoas
estiverem presentes sobre a mesma bandeja de jogo. Então dissemo-nos que
os ratos deveriam por conseguinte invocar objectos antes que
transformar-se elas mesmas. Mas lá ainda após cerca de testes, e com um
punhado de jogadores, todos invocava todo e qualquer coisa em qualquer
lugar, e era injouable.

A conclusão lógica era por conseguinte
não dar “os poderes” de invocar único só um um rato ao mesmo tempo. Após
um gordo delírio e pouco sono, ao rodeio de um café com Tigrounette,
imaginou-se uma espécie de deusa rato na frente da qual os outros ratos
prosternavam-se. A ideia do rato Chamane era né.

Lá, pusemos
sobre pé muito pequeno um jogo multijoueur com apenas dez mapas,
consistindo em blocos verdes, ratos ligeiramente duros, um queijo, e
cerca de objectos a porem. E a nossa surpresa, o sucesso foi immédiat.
Hoje, Transformice está a explodir, e representa mais de 8000 visitantes
únicos para mais de 15.000 visitas por dia. Bouche-à-oreille é tal que o
jogo terminou por reencontrar-se sobre fóruns ingleses, sobre os quais
faz um carton. Se não falar frente, e que tomei este pseudónimo
“Graphiste”, era por duas razões. A estréia é que o meu nome é associado
cada vez mais à minha empresa (Ankama), coisa que ao mesmo tempo
preenche-me de orgulho, mas irrita-me à certos momentos. Não posso mais
dizer nada sem que aquilo seja atribuído à Ankama, e confesso que aquilo
pesa-me ligeiramente. Tinha medo que apresentando este jogo sob o meu
“verdadeiro” nome, acusa-me-se aproveitar da notoriedade que traz-me
Ankama para fazer a promoção. O segundo, que decorre da estréia, é que
tinha medo de ver-me acusado não pôr à lucro absolutamente 100% do meu
tempo ao meu trabalho, ou seja DOFUS. Há muito, imensamente tempos, mas
para alguns, não é nunca assez.

Hoje, decido sair da sombra,
porque é orgulhoso de ter feito este pequeno jogo com Tigrounette, e mim
moque bem que alguns poderão acusar-me. Tomo muito prazer a ver e fazer
evoluir este jogo, e tenho a fazê-lo partager.

O nascimento do Transformice

Transformice
conseguiu rapidamente suceder o Poisson depois que ele fechou, no
início de maio de 2010, mais uma vez tomando um conceito semelhante, mas
amplamente melhorado, e muito mais elaborado, a nova restrição de pegar
o queijo antes de ir para a toca abre possibilidades muito maior para o
futuro do jogo. O modo de orientação também é uma pequena revolução,
pois o guia está presente no mapa.

Transformice é um jogo com um
futuro brilhante, anciosos para trazer inovações e surpresas dos
jogadores, graças a um conceito mais interessante e pesquisado.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum